Ensaio pela realidade...

(foto de GMV)

Reina a calma neste canto de mim. Sem vozes que quebrem o silêncio, sem vestígios dessa festa natalícia, sem a azáfama dessa noite familiar ornamentada de alegria.

Resta agora o sossego, neste abrigo do que sou. Só aqui, longe de tudo, distante dos outros, dou espaço à minha pessoa. Este palco não reclama representações, nem enredos, nem aplausos. Gosto destes momentos registados a serenidade, quando a única voz que escuto é a minha, num silêncio premeditado. E posso, enfim, ler... leio outras vozes, incrustadas desde sempre na minha alma...

"Que coisa é essa que procuras dentro das coisas?
Qual o pensamento que o teu pensar não alcança?
Por que céu voam as poderosas asas do teu espírito?
A que altas visões lhe é doloroso estar cego?"
(Fernando Pessoa)

É assim... uma parte da minha realidade.

12 comentários:

Miguel Barroso disse...

Uma realidade que é nossa, é sempre boa.


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Graça:
Entendo o que diz, não agüento mais Natal e logo vem o Ano Novo. Hj fui ao Shopping trocar um anel e estava super lotado. Parece que as pessoas são tomadas por uma euforia.
Já que a senhora voltou, faça o favor de ir a todos os meus Blogs, pois publiquei coisas muito interessantes. Eu a espero e se não for, já sabe...
Beijos,
Renata

Paulo disse...

A tua realidade é tão verdade.Por vezes é bom ouvir a nossa voz, longe dos outros. E as interrogações Pessoanas fazem parte da tua realidade? :)

Bjos amiga querida

o que me vier à real gana disse...

Boas festas, GMV!

Não é por teres sido tão alentadora no comentário ao meu conto no "real gana", que eu afirmo: excelente texto, o teu! Faço-o porque m'o exige a verdade.
Sinto, como tu, k necessitamos de pausas na nossa representação. Sem interrupções, corremos o risco de dar "raia", pois elas são a fonte da vitalidade sem a qual nem sequer ousamos pisar o Palco!

bj

Emilia disse...

Os silêncios são o espaço intrspectivo em que sempre amadurecemos sentimentos. Tão necessários quanto o sorriso dos que amamos.
Beijo, amiga.
Emília

Bill Stein Husenbar disse...

E essa sua realidade não é mais do que bela e perfeita.

Boas festas.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Paulo - Intemporal disse...

gosto tanto dos momentos assim

no in.tempo sem tempo

porque sim

a alma ruma então ao sabor do vento

que por ser in.tempo sem tempo

me transporta ao que sei fazer de mim

_______________________________ [.]

Porque podes ser tu, enfim.

Beijo de boa tarde, Graça.

[Orgulho em TI]

Vieira Calado disse...

Com muito gosto, venho retribuir os seus votos:

Um Bom Ano de 2009, para você!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Graça:
Postei nos meus 4 Blogs, inclusive no Galeria. Vá me dar uma forcinha.
Beijos,
Renata

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Graça:
Fiz uma ceia de ano novo no Tristão. Se você não for, vou ficar muito chateada.
Um beijo,
Renata

sticker disse...

mulberry purse
mulberry purses
discount mulberry
chloe bag
chloe paddington

Lírica disse...

Adoro Pessoa...