Um intervalo [que persiste]

[Luís]



Ainda que a noite cale o soar dos adiados passos,

e morosamente o luzidio sentimento se canse de indicar o caminho,

não resvalará, na solidão negra da calçada, a crença numa alegre chegada.



34 comentários:

Mar Arável disse...

Um dia escrevi

àcerca do meu hábito de olhar

o chão

um sítio que só os actores

vêem do palco

Bjs

Vieira Calado disse...

Mesmo na noite mais noite

é sempre possível ter esperança!

* * *

Mandei-lhe também um mail.

Beijinho

José Carlos Brandão disse...

Uma boa foto, muito sugestiva, que bem merece um poema - e você nos brindou com belas imagens. Gostei.

Um beijo.

sideny disse...

Graça

Linda foto.

beijinhos

isabel mendes ferreira disse...

que chegue Graça. que chegue a "chegada" ...inundar de luz este palco. como sempre. em passos de sentimento nunca adiado.





beijo.

Unseen Rajasthan disse...

Lindo foto !! Beijos..Unseen Rajasthan

Paulo disse...

Um intervalo com as tuas cores! A fotografia é magnífica e as tuas palavras fortes e cheias de esperança nessa chegada.

Minha querida Graça, um grande beijo só para ti :)


PJB

Lídia Borges disse...

Não resvalará, na solidão negra da calçada, a crença numa alegre chegada...

E essa crença é TUDO!
Será ALEGRE a chegada.

Um beijo

Com ou Sem conclusões disse...

Não sei se intendi direito. Mas sei que essa alegre chegada há de acontecer...

Beijos alegres

Nilson Barcelli disse...

Só quem espera é que percebe o valor da crença numa chegada.
Palavras precisas e concisas, muito tuas, bem sublinhadas pela foto. Mas gostava de ter sido eu a escrevê-las...
Querida Graça, o meu beijo.

Carlos Gonçalves disse...

Palavras a emergir:
Noite,
Passos,
Sentimento,
Chegada...

... Esperança!

Mais palavras, para quê?

Um beijo, Graça.

Carlos

Brancamar disse...

Querida Graça,

Espero esse "Ensaio sobre a Chegada" e o concretizar de todas as esperanças em ti e em todos nós...

Beijinho de imensa amizade.

Branca

margusta disse...

Espectadora silenciosa sou deste seu palco Graça...os passos sempre nos levam a algum lado, mesmo que solitários na noite...
Existe sempre a chegada seja a que lado for... Que seja Alegre então!

Beijo,
Margusta

. Intemporal . Paulo . disse...

. seria tão bom que assim fosse .

. que assim pudesse ser .

. mas [...] varrer o #mas# do pensamento seria esquecer a traição com que me esmagaram os sentidos .

. irremediavel.mente .

. re.espero o poder imenso da cura subjacente ao tempo .

. o teu beijo de hoje, querida Graça .

Paola disse...

... vou-me nos tantos sentidos da palavra... CHEGADA... e não sei... há frio... lá fora... cá dentro... o Sol abranda...

Beijo abraçado.

Linda fotografia... que despertou palavras assim...

São disse...

Haja esperança. mesmo na negridão.

Beijo.

Braulio Pereira disse...

luz

sonhos,

amor.


é viver.



beijos querida..

mundo azul disse...

________________________________


...que assim seja!


Em poucas palavras, uma história...


Gostei muito!


Beijos de luz e o meu carinho IMENSO!

__________________________________

margusta disse...

Obrigada Graça!...Fiquei Feliz por saber que te passeias de vez em quando pelos meus " Momentos Sentidos".
Uma boa noite para ti,
Beijinhos
Margusta

Marta disse...

Os passos a tropeçarem na noite...
Mas que se olhe sempre em frente...
Não para o chão.....porque podemos perder o caminho...
Profundo...
Belo - gostei imenso...
Beijos e abraços
Marta

Chris disse...

A crença da chegada adiada, mas certa... como as palavras que por aqui não resvalam...
Um beijo
Chris

MCampos disse...

Graça, estive fora uns dias, obrigada pelas palavras que me enviou. Chegar aqui é matar a saudade desses momentos únicos em que se expõe pela palavra. Sinto sempre tão sentido o que escreve, quer quando fala dos seus alunos, quer quando fala de si e das suas vivências. A ser actriz de peça real, que seja então uma alegre chegada.

Um abraço e resto de boa semana.

A Magia da Noite disse...

as estrelas que iluminam a noite só podem acompanhar os desígnios de uma partida para um a alegre chegada.

Carlos Gonçalves disse...

Graça, quem sabe, a inspiração, nesta canção dos
Madredeus, 'Alfama':
--------------------
Agora,
que lembro,
As horas ao longo do tempo;

Desejo,
voltar,
voltar a ti,
desejo te encontrar;

Esquecida,
em cada dia que passa,
nunca mais revi a graça
dos teus olhos
que amei.

Má sorte, foi amor que não retive,
e se calhar distraí-me...
- Qualquer coisa que encontrei.
----------------------

Sonho ou realidade?

Um beijo.

Carlos

Vivian disse...

...vim trazer beijinhos
primaverís à moça dos
grandes sentimentos.

adoro...

lupussignatus disse...

luz.i.dia

trilha



[a da resistência]


*beijo*
*bom fim de semana*

sideny disse...

Graça

Um bom fim de semana.

beijinhos

f@ disse...

Graça,

…os passos na noite …
Como nas palavras escritas no céu, fazem o silêncio
Do coração… do fogo que crepita quando só acendo a lareira e me esqueço do frio ao crepitar do ruídos queimados…
faço um intervalo para AS LABAREDAS aquecerem os sonhos,…



Bom fim semana
!menso beijinho

Sunshine disse...

Que a luz guie os passos para a alegria da chegada.

Bjinho Graça ... um optimo fds.

PS: Essa foto é uma maravilha ... fazia um quadro lindo ... parabéns ao Luis.
:)

Maria Valadas disse...

Venho pelo Blog " Sofá Amarelo"... e ao comentar, reparei no teu comentário, onde referes que os teus pais são de Moura. E como também sou natural de Moura, deves imaginar a minha alegria.

Adorei os teus textos, a tua forma como expressas os teus sentimentos.

Parabéns.

Bom fim de semana.

Beijo.

Brancamar disse...

Querida Graça,

Passo hoje para aquele teu beijo de amizade, permanente, constante, na esperança de dias sempre plenos de vida, serenidade e paz.
Por aqui respira-se PAZ e lucidez e gosto de vir colhê-las,reforçá-las nestes dias de difícil coerência.
Um beijo
Branca

Sofá Amarelo disse...

Gosto de intervalos que... persistem...

Babi M.S. disse...

as chegadassss...ah....me fazem toda alegria...tanta que até me esqueço que são elas que trazem logo a partida!


smack

Rabisco disse...

Cada vez mais me convenço que passo a minha vida, nos seus últimos tempos vividos, na espera de uma chegada...

E talvez seja essa utópica chegada que me vai dando força, sempre, a um novo dia.

Beijinhos