Ensaio pelo recomeçar [sempre...]

[Luís]



Antes que as palavras adormecessem de cansaço... antes que o sorriso esmorecesse no desejo insensato de acreditar... antes que a perversidade intencional do deus-do-vazio a fizesse esquecer de quem era...

... trilhou, resoluta, o cais lacerado, afogou-lhe o oscilar das certezas, ignorou o desgaste dos dias e embarcou. No propósito simples de recomeçar!

42 comentários:

Lídia Borges disse...

Recomeçar é sempre a solução para os cansaços, ainda que o "oscilar das certezas" possa julgar que não.

Nada é mais gratificante do que matar um CANSAÇO com cansaços...

Está lindo!

Um beijo

Alis disse...

Faz o sorriso adormecer o cansaço e o sonho surgir das palavras “acreditar”
cem vezes
o sonho

com música e um cenário em verso…

Brancamar disse...

Obrigada querida Graça por tão belo momento.
Recomeçar, reconstruindo, é tudo o que a vida espera de nós, acreditar é sempre possível...acreditar pode não ser insensato desde que seja uma forma de transformar. Qaundo dizes a um menino rebelde que acreditas nele pode ser o início de uma enorme transformação...e sente-se nos teus ensaios, nas palavras dos teus lindinhos, como acreditas e como eles te dão pérolas de sabedoria.
Recomeça sempre e traz-nos amor. Tu és especial e tenho saudades.
Beijos
Branca

. intemporal . disse...

.

. e,,, .

. fez muito bem !!! .

. sempre o "antes",,, em vez de ser outra vez a vez e ainda outra vez a vez do "nunca",,, a ser depois ... .

. ;-) .

. o teu beijo de hoje, nesta noite, o de sempre, o de todos os dias .

. .g.r.a.ç.a. .

.

. paulo .

.

José Carlos Brandão disse...

Sim, a vida é um eterno recomeço.
Um abraço amigo, Graça. Um beijo.

rosa-branca disse...

Olá querida Graça, nada com recomeçar antes de... ou depois de...reconstruir ou ajudar a construir o que por vezes, por negligência não foi feito. É sempre uma mais valia. Tu podes e sabes, ajudar a construir, o que muitos meninos não têm. És única amiga. Beijo meu

Pensador disse...

"No propósito simples de recomeçar"???
NÃO!
Recomeçar não é simples. Recomeçar exige coragem, exige atitude, exige vontade.
Simples é desistir. Simples e covarde.
O propósito de recomeçar, de lutar, de saber que poderá sentir novamente a dor, e mesmo assim valer a pena, deve ser celebrado e saudado.
Beijos, Graça! Lindo texto!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, querida. Que lindo ensaio! Sempre a frente e en.frente. Adoro o branco das tuas letras. Parece água, perfume, liberdade, mergulho *sem oscilar* nelas e saio revigorada.

Sei que me amas. Soube desde aquele dia em que me olhaste e eu, *na maior* te disse:

*Vem assobia me vê suspira

Estremeço arrepio sorrio

Você lê o meu pensamento

E me ama nesse momento

Pega na minha mão

Entrego-lhe o meu coração

Os lábios se juntam emoção

Sentimos os nossos sabores

No céu da boca

Semeiam-se os desejos

Trocamos as nossas flores

Na febre louca

Do delirante beijo

Há magia nos movimentos

Revolvem-se os sentimentos

Acordes fluem naturalmente

Os corpos se unem em paixão

Exalam adocicados odores

Espalham-se flores pelo chão

Os pés tocam o solo sutilmente

Irrompem tênues lampejos

Da ardorosa fusão

De visões ensejos intentos

A bailar voam entretidos

Os olhares entretecidos

Que procuram

A resposta aos apelos existentes

Nas juras de amor que implicitamente

Se murmuram


De repente o amor

by Renata.

Eu te amo, eu te amo, eu te amo!
Beijinhos Graça!
Boa Tarde! Voando pra te cantar, pois à doctor tenho de voltar.

Amordemadrugada disse...

Gracita!
Como desejo que te sintas bem1 Nas nuvens...daquelas tipo algodão doce!
Estas tuas musicas matam-me o coração!
Amo...
Boa semana amiga
muita luz pra tu
beso

Paulo disse...

Quando chego aqui, minha querida Graça, e leio estes teus ensaios, parece que estou a ouvir-te, nas nossas conversas de há 20 anos atrás, sempre um prazer. Sempre determinada, sempre positiva, sempre feliz, mesmo quando os nossos dias corriam mal. "antes que a perversidade intencional do deus-do-vazio a fizesse esquecer de quem era...", decidiu recomeçar. Porque também tu és assim e o teu sorriso lindo.

A foto é bela, a música a tua cara :). "I'm learning all about my life by looking through her eyes"

O teu beijo magnífico, querida.

(Desculpa, alonguei-me, mas são 10 minutos de música...)

PJB

lupussignatus disse...

o afago

das

águas


[que se/
nos
renovam]


(fantástica
fotografia)


*beijo*

Marta disse...

Porque devemos sempre recomeçar...
Mesmo que haja medo....
Trilhar caminhos, nem sempre fáceis....
Recomeçar, sim...
Belo ensaio, Graça
Beijos e abraços
Marta

Nilson Barcelli disse...

Recomeçar, é preciso sempre...
Belas palavras, querida graça. Gostei.
Beijo.

Vivian disse...

...Graça querida minha,
enfeitas minha casa com
tua presença sempre doce,
e eu, pequena aprendiz,
sigo teus passos num
eterno recomeçar.

beijos desde o Brasil
com friooooo!

A.S. disse...

Querida Graça,

Somos a equação de uma viagem
que se esconde entre lutas e cansaços,
sem indicios de luz ou descoberta,
que ao mesmo tempo oprime e nos liberta
nos caminhos que trilham nossos passos...


Beijos
AL

Laurita disse...

Recomeçar... ás vezes duvido até da própria palavra. Acho que neste momento me sufoca. Beijos amiga

A Magia da Noite disse...

uma nova viagem.

Mar Arável disse...

Não há morte

nem princípio

Estamos sempre a recomeçar

porque é urgente o amor

Amordemadrugada disse...

Bom fim de semana querida
beijito doce

anita sereno disse...

lindo e apaixonante beijos e muito sucesso para teu blog

Brancamar disse...

Recomeçar sempre e continuar reconstruído e mais construído que anteriormente faz parte do caminho de um ser que cresce permanentemente... por isso recomeço sempre, aqui, hoje, no ponto em que ficou, esta amizade que te trago.
Tem um bom fim de semana, Graça e tudo de bom.
Beijos
Branca

São disse...

Parabéns pela força de recomeçar!

E se se não recomeça , é triste: estagnamos!

Um bom fim de semana, Gracinha.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Boa noite, querida. Tudo lindo aqui, como você.
Não deu pra vir antes.
I love you*****



Flores do amor

Poema da Renata






Sai de cena o frio, entra a primavera.


O sol num riso límpido não tardou


a dar vida e colorido à esfera.


A terra é tatuada de luz e cor.






Na planície azul dos corações


uma nuvem branca se derrama


sobre os rubros botões das emoções,


cingindo de brilhos a densa rama.






Pássaros com asas de serenidade


galgam o mais alto da imensidade


e os desejos de amor vão se elevando.





Nos negros olhos da amplidão, subindo,


raios de luz que a terra vai vestindo,


e a flor do amor no peito fecundando.

Beijossss

Carlo Rochas disse...

Querida Graça, antes de mais desejo-te tudo de bom. Recomeçar é termo que terei excepcionalmente utilizado. Pela sua singularidade, começar, sem ser de novo, é sempre a ocorrência, não prefigurando qualquer estigma do tempo. Deixo-te algo que escrevi após ter-te lido.

Para os biologistas a genética conforma-se ao postulado que distingue a acção do pensamento, a relação sempre contracorrente conjectura que a evolução reside de forma fundamental na acção e privilegia a remodelação e a transmutação do genoma por uma manipulação sui generis. Já para a grande maioria da população o “binoma” acção, pensamento, corresponde ao que definimos como racionalidade. O pensamento conjuga-se a uma acção, precedendo de forma tradicional e humanista, recusando assim as sombras do tempo. Reflexão que Lessing descrevia com estas mesmas palavras “ sombras do tempo” não sabendo se humanidade é um espaço de tais conjecturas ou se o essencial está no que não transparece. Em si, apenas o facto de não se manifestar, espolia a racionalidade da questão. O fio da tradição ao contrario do pensamento de ruptura metafísica não reside no facto duma vacuidade ou silencio, num desmoronar do habitual e factual pensamento, acção. Mas corresponde apenas ao desaparecimento na sua integra da acção. O privilégio que permitia o colmatar da transformação progressiva do fulcral. Brecht, Kafka, continuam de forma perversa a denegrir esse factual. Contrapondo com a progressiva e constante de que qualquer crise tradicional, ou ocidental, que qualquer facto correspondente a uma falha evolucionista instituída tem por vocação a ruptura do facto histórico. Contraponho com o essencial, e o fundamental. As revoluções, que não fogem a este estigma, são apenas momentos ilusórios. A acção só o é por si, os equívocos de Marx ou de Platão no facto “Polis” apenas residem dum equivoco. De que nunca somos fundamentais no pensamento.

Nunca esqueças o essencial. Antes mesmo do conhecimento adquirido, a “Acção”.

Beijo do sempre amigo.

AnaMar (pseudónimo) disse...

¸¸♥*•♪♫•*♥•♪♫•*¨*•.¸¸♥Começar de novo, numa explosão de sentidos. Assim as tuas palavras,
(Se soubesses como me calharam tão bem)

1001 beijos de saudade
¸¸♥*•♪♫•*♥•♪♫•*¨*•.¸¸♥

sideny disse...

Ola Graça

Recomeçar sempre.

Boa semana:))

um beijinho

sideny disse...

Ah :)

Boa música, como sempre tenho ouvido neste blog.

beijinho

:))

Nilson Barcelli disse...

Esse cais da foto (belíssima) ainda vai cair...
O melhor será publicares novo post antes que a ondulação aumente (vem aí mau tempo, esse insensato...).
Querida Graça, boa semana.
Um beijo.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bonjour mon amie* Pour toi,

perle de pluie

Sou pérola da chuva
Pérola que não se enxuga
Pérola que encontra uma rosa
Numa certa manhã radiosa
Que escorre pelo veludo
Pérola do verdadeiro amor
Pérola do sincero pudor
Que bate em teu coração
Pérola que faz a alegria
Da tua triste vida.

by renata eu e daí
Lindo, que me arrepia, e me faz chorar de tão feliz!!!!
Beijos

Brancamar disse...

Olá Graça,

Por onde andas tu?
Bem, espero.
Deves estar ocupada com os ensaios reais, mas nunca deixes de acreditar e de nos trazer a vida que te corre nas veias...e na alma, a vida das crianças, da criança que há em todos os que nunca se esqueceram de serem puros e teimosamente amigos...
Eu espero por ti.
Beijos
Branca

Paulo disse...

Querida, foste recomeçar para onde? Saudades de ti... (vou ligar-te!!:-)).

Beijo magnífico.



PJB

José Sousa disse...

Oi... como vai? É a primeira vez que passo aqui e gostei, não só da beleza do blog, mas tambem do que nele posta.
Conheça os meus. precorra eles, tambem tem alguns poemas de minha autoria... em:
www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com

Um abração...

mundo azul disse...

_________________________________


...sim! Recomeçar, sem olhar para trás...Repisar as mesmas pedras, é machucar os pés, com certeza...


Bonito o que você escreveu, Graça!


Beijos de luz e o meu especial carinho...


__________________________________

Carlos Gonçalves disse...

Querida Graça, toda a vida é feita de embarques e desembarques, começos e recomeços… Porque tudo tem um tempo certo e o tempo certo nunca é certo!
Eu, nos intervalos incertos, embarco, procuro a bonança das águas de mar - chão, o sossego do tempo certo numa jangada de esperança, lanço uma rede, com um anzol de paixão, preso aos sonhos da minha alma e fico aguardando por uma pescaria de amor. Sei que, invariavelmente, as redes regressam vazias, as paixões perdem-se na inquietude das ondas, os sonhos no infinito das águas, a esperança misturada no lodo do fundo…
Apesar de tudo, uma réstia de esperança… há sempre um novo cais, para recomeçar!
Beijo, querida.
Carlos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Oiê! A Tarde no Mar Esbraseia! Vamos Contemplá????


A tarde é de oiro rútilo: esbraseia.
O horizonte: um cacto purpurino.
E a vaga esbelta que palpita e ondeia,
Com uma frágil graça de menino,

Pousa o manto de arminho na areia
E lá vai, e lá segue o seu destino!
E o sol, nas casas brancas que incendeia,
Desenha mãos sangrentas de assassino!

Que linda tarde aberta sobre o mar!
Vai deitando do céu molhos de rosas
Que Apolo se entretém a desfolhar...

E, sobre mim, em gestos palpitantes,
As tuas mãos morenas, milagrosas,
São as asas do sol, agonizantes...
Florbela Espanca

Bons dias sempre.
Beijos

MCampos disse...

Persistir no começar, sempre que parece que o acabar está perto. Assim, a leio, assim a espero.

Um abraço, Graça, e bom fim-de-semana.

Sofá Amarelo disse...

São os recomeços que dão sentido á Vida... Embarquemos então nos recomeços...

© Piedade Araújo Sol disse...

e recomeçar é sempre um novo desafio.

belissima foto1

beij

Amordemadrugada disse...

beijito Graça
boa noite amiguita
;)

Nilson Barcelli disse...

Querida Graça, passei para te desejar uma boa semana.
Beijo.

AFRICA EM POESIA disse...

Vim deixar um beijinho e bom fim de semana...

Rabisco disse...

Preciso desse recomeçar e dessa força de nos querer bem...