Da coincidência do "submerso"...

[Almas Submersas - pintura de Teresa Ribeiro]


Pintar é também representar. Figure-se a tela, como palco que se espanta perante o enigma da existência; entenda-se o traçado, matizado pela essência do sentir, como personagem imprevisível; calem-se as palavras-falas, para que a trama se exprima na criatividade da forma, na elegância da cor.

Há uns dias, fui visitar mais uma exposição de pintura da minha amiga Teresa Ribeiro. Ecos e Ressonâncias. De pintura nada sei, unicamente gosto. Muito. Quando chego, percorro toda a exposição, tentando ler, em cada quadro, uma página de um livro que urge decifrar. O meu amor pelas palavras nunca me abandona e, sem qualquer dificuldade, em cada linha, em cada forma, conoto sentidos lexicais. A linguagem pictórica faz surgir, em mim, uma vontade indizível de escrever.

Desta vez, a minha atenção recaiu num quadro de nome sugestivo, "Almas Submersas". Provavelmente, influenciada pela coincidência de ter terminado a leitura dessa narrativa magnífica, Sonhos Submersos, do meu querido amigo A. Pinto Correia, fluíram as palavras... as minhas, submersas... que guardei! Talvez, um dia, as ofereça à minha amiga, como já fiz noutros momentos, decorrente de outras exposições, de outros quadros, de outras leituras.

No intervalo da peça maior, decorrem os dias plenos de outros palcos. Da pintura à literatura... "porque há sempre mundos antes impensados para explorar." [Sebastiana Fadda]

53 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

*Pintar é também representar*. Lindíssimo ensaio, querida Graça. Impecavelmente construído. Parabéns!

*No intervalo da peça maior, decorrem os dias plenos de outros palcos. *Da pintura à literatura*... "porque há sempre mundos antes impensados para explorar."[Sebastiana Fadda]*

Filmes e suas canções também são representações, assim como traduções.
Ofereço-lhe em troca de tão belo ensaio, esta tradução menor da canção de um filme que eu adoro.


EM ALGUM LUGAR ACIMA DO ARCO-ÍRIS



Em algum lugar acima do arco-íris
Lá no alto,
Há uma terra, de que certa vez ouvi falar
Numa canção de ninar.
Em algum lugar acima do arco-íris
Os céus são azuis,
E os sonhos que se ousam sonhar
Se realizam de verdade.
Um dia pedirei a uma estrela
Que me desperte longe das nuvens
Atrás de mim.
Onde os problemas se derretem
Como pastilhas de limão
Longe, acima do topo das chaminés
É lá que tu me vais encontrar.
Em algum lugar acima do arco-íris
Os pássaros azuis estão a voar.
Os pássaros voam acima do arco-íris.
Por que, ah, por que não posso eu voar?
Se os pássaros azuis voam felizes
Acima do arco-íris
Por que, ah, por que não posso eu voar?

Trad. e adap. do jeito da vida Renata eu e daí? para a querida Graça.
Beijos mil***********
Saudades muitas.

Graça disse...

Obrigada, Renata. Adorei!

Beijo.

Sofá Amarelo disse...

As telas também podem ser palcos quando são capazes de transmitir tanto ou mais do que uma representação de palavras e/ou de gestos. Porque há telas que falam, há telas que gritam, há telas que choram, outras que riem... esta que escolheste só podia ter esse título...

Muitos beijinhos! Podes levar as fotos que quiseres! Sempre! Boa semana!!!

Graça disse...

E há fotos que apaziguam o caos do pensamento.

Vou escrever para "ela", querido Alexandre. Obrigada!

Ianê Mello disse...

Nas telas, bem como nas palavras, reflete-se a alma que grita para ser ouvida.

Lindo, amiga!

Você faz falta...preenchendo os espaços.
Apareça.

Grande beijo.

Marta disse...

Podemos sempre falar da Lua e dos seus amores em palavras cheias de sombra ou de sol....
Mas viver, escrever essas palavras que soam em nós....com vontade...
Gostei muito...
Obrigada pela visita...
Beijos e abraços
Marta

Carlos Gonçalves disse...

Querida Graça, de pintura não percebo nada. Olho e gosto ou não, sem saber bem porquê, por mais que tente entender a tela, ela não fala comigo ou sou eu que não entendo a linguagem. Não sou erudito, converso melhor com as fragas da minha terra.
De ti, sim, gosto sempre, as tuas palavras falam comigo, entendo a linguagem...

Um doce beijo, querida.

Carlos

Lídia Borges disse...

Ainda bem que essa exposição te fez voltar. As tuas palavras fazem falta. Deixam em branco espaços que pedem cor, com a mesma veemência de uma tela vazia nas mãos de um pintor.

Bem-vinda.

Um beijo

Laurita disse...

Olá querida Graça, embora eu não perceba nada de pintura, há quadros que me fascinam. A pintura tal como a poesia revela um estado de alma, e tal como as palavras também se dão várias interpretações. Quanto ás palavras gostei das tuas querida Graça. É sempre um prazer lêr- te. Submersos... quantas vezes nós não estamos submersos nos nossos pensamentos, mas há que vir ao de cimo para conseguirmos viver. Beijócas querida

Vivian disse...

...pinturas,
desde que nos encante os olhos,
entendê-las nem sempre se faz
necessário, embora todas elas
nos falem à emoção.

seus posts, como sempre
encantadores.

beijos de carinho!

boa semana, querida linda!

São disse...

A julgar pela amostra a exposição deve estar muito bem.

Ainda bem que regressaste, Gracinha.

Um apertado abraço

sideny disse...

Olá Graça

Belo regresso, espero que a pausa tenha sido boa.

Bonita tela.

Boa semana:))

beijinhos

Sandokan disse...

Às vezes é preciso abanar a árvore da existência para caírem as folhas velhas. Talvez seja por isso que eu não quero saber quem pintou o céu de azul, mas eu quero é o resto da tinta, porque nós podemos matar o tempo, mas é sempre ele que nos enterra.
Gostei muito de vir aqui visitar o teu belo espaço. No carácter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude. O destino une e separa pessoas. Mas nenhuma força é tão grande para fazer esquecer pessoas, que por algum motivo um dia nos fizeram feliz!
Boa semana!

A Magia da Noite disse...

não fosse a via feita de palcos, teatros e momentos, em que ora somos artistas ou meros visitantes.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, amor de amiga!
mimo para vc.

*Sobre a pintura de um ramo florido
"Primavera Precoce", de Wang

Quem disse que a pintura deve parecer-se com a realidade?
Quem o disse vê com olhos de não entendimento
Quem disse que o poema deve ter um tema?
Quem o disse perde a poesia do poema
Pintura e poesia têm o mesmo fim:
Frescura límpida, arte para além da arte
Os pardais de Bain Lun piam no papel
As flores de Zhao Chang palpitam
Porém o que são ao lado destes rolos
Pensamentos-linhas, manchas-espíritos?
Quem teria pensado que um pontinho vermelho
Provocaria o desabrochar da primavera?*

Su Dong Po

Beijos Renata para vc Graça querida.
Seja sempre Maravilhosa*
Adoro esta canção****************
Adoro você************************

Mar Arável disse...

Começamos com um grito

continuamos a representar

nas garatujas

e nunca mais abandonamos o palco

Bjs

Braulio Pereira disse...

tu pintas flor
és para mim
ternura de
amor
sim

beijos minha querida

optima semana

Carmo disse...

Sou uma leiga em pintura, mas pelos vistos a Graça pinta maravilhosamente tanto em tela como em poesia.

Beijinhos


Carmo

Paulo disse...

Conheço alguns desses poemas que escreves aos quadros da tua amiga. Uma pena não publicares este. Gostei de te reencontrar. As saudades de ti são sempre imensas. Quanto ao livro, já o tenho, quando o ler, digo-te qualquer coisita :).


Um magnífico beijo, minha querida.


PJB

ParadoXos disse...

Graça? e não convidaste?! :-)

sem dúvida. é possível pintar uma cicatrizte na pele de qualquer quadro... e explorar novos e diferentes vocabulários...


sim?


beijão querida amiga.
com muito de nosso lá.

segredos disse...

Amiga,

Não sei como comentar ou, o que comentar primeiro.
Talvez comentando as duas em simultâneo pelo comum entre elas... Arte, Sabedoria, Sentido, Prazer, Beleza, Grandiosidade.
É, talvez assim consiga comentar o quadro e as tuas palavras.

bj

looking4good disse...

«O Mundo inteiro é um palco...»: a diferença é que estamos permanentemente em «espectáculo», muito raras são as situações em que são permitidos ensaios...

Gostei do «Teatrices»!

Brancamar disse...

Que bom que voltaste Graça!

E sempre com textos que denotam o teu amor pelas palavras, desta vez a exprimirem o amor por uma outra arte, a pintura e da pintura ao teatro cá continuamos neste palco...
Gostei imenso da tela.
Parabéns à tua amiga e a ti por nos trazeres com a tua habitual sabedoria a arte dela.
Beijinhos

Anónimo disse...

.

. das telas do mundo .

. a serem as palavras todas .

. desta vez .

. tão belo G. .

. beijo G. .



. (intemporal) .

.

Braulio Pereira disse...

saudade de sentir os teu aromas

meu coraçâo aquece ao estar aqui.

estou preso nas tuas palavras..


beijos querida!!

Luis F disse...

Amiga

Como gostei de ler este teu texto... nele viajei, descobrindo o encanto de cada palavra e momemto referido.

Bjs
Luis

o que me vier à real gana disse...

Olá Graça!
Saudades! Um diferendo entre mim e uma poderosa e prepotente operadora, juntamente com a minha teimosia - pq tenho razão... pelo menos acho -, tem-me impedido de ter net. Posto, à pressa, de computador "emprestado".
Euanto ao teu post, magníficos os desígnios que vês na Pintura - só cá para nós: além de escritora maior, darias tb idónea crítica de arte... talvez de toda, pq percebes da essência, e quando assim é, não é necessário entender a técnica.
Não percebo absolutamente nada de pintura, mas pá, parece-me que tens uma amiga grande pintora.
Parabéns às duas!

José Carlos Mendes Brandão disse...

Pintar é representar. E escrever é pintar com as palavras. Sentimo-nos, eu me sinto, muitas vezes em desvantagem. Como dizer a cor? Com o pobre pincel da palavra? E pintamos a cor das emoções. Representamos as emoções. E fecha-se o círculo: Pintar é representar.
Muito bem, Graça.
Um beijo.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Be happy, my dearest Graça!!!

Love and Friendship

William Shakespeare


Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado
e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida
companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração.

Have a great day!
Kisses Rêruivinha***

Amordemadrugada disse...

Graça!
Amiga que saudades de estar por aqui
Ai a musica!
Abraçame esta noche
aunque no tengas gana!
Uui Graça!
Obrigada por tds as palavras de apoio ke me foste deixando amiga
Obrigada do fundo do coração
vou fazendo força para que esta escuridao saia do meu peito
Beijito querida
Muita luz pra tu

Chris disse...

Por vezes, penso que a arte é só uma com diversas expressões - as palavras, as cores e a representação das mesmas são para mim as mais sublimes...
Um beijo
Chris

Nilson Barcelli disse...

Toda a arte pressupõe comunicação e a pintura não poderia ser excepção à regra.
Achei interessante a tua forma de ver (ou de ler) a pintura.
Querida Graça, bom resto de semana.
Um beijo.

A.S. disse...

Emoções que brotam de uma tela! Tal como o poeta exercita o poder ancestral das palavras!

Talvez seja esse o maravilhoso dom de conjugar emoções, dissolvendo-as no prazer submerso de existir!

Beijos... Graça!
AL

sideny disse...

Venho deixar um beijinho, e desejar

um bom fim de semana.

lupussignatus disse...

a mão

a

enterneCer


[a pele
do
mundo]



*beijo*

mundo azul disse...

__________________________________

Bonita a tela da Teresa!
Também sinto a influência da pintura em minha emoção... Já pintei, a alguns anos atrás... Qualquer hora, recomeço!
Gosto de ler seus texto, Graça... Você tem uma linguagem muito fluida!

Beijos nesse coração especial!

ps...voltei para a minha fazenda.

___________________________________

Maria Emília disse...

Só aqui, neste pequeno mundo deste teu belo texto nos deixastes vários palcos para visitar, vários pequenos planetas para explorar. Obrigada Graça.
Maria Emília

Gil Moura disse...

Olá, querida amiga!

Tenho tido o meu pc em "estágio" por causa de um vírus que o infectou. Daí esta minha ausência tanto nas postagens como nas visitas a todos vós meus amigos. Felizmente está tudo resolvido.

Voltarei com mais tempo para comentar como merecem.

Desejo um excelente fim de semana para todos!

Beijos e abraços

Gil

Brancamar disse...

Volto à comntemplação da arte com, com o desejo de que tenhas um óptimo fim de semana.
Fica bem, Graça.
Beijos

Whispers disse...

Minha querida Amiga,
venho te deixar mil beijos,nao posso ler o teu post, mas eu voltarei e o vou ler, porque sempre os teus posts valem a pena a serem lidos e meditados.
Desejo que estejas a ter um bom fim de semana
Rachel

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Bom Domingo, amiga


Isto de comentar pintura p'ra mim é complicado. Tenho algum deficit na mesma.

Bjoooooo

Maria Valadas disse...

Minha querida,

É um prazer ler-te!
Tudo o que saia desse teu coração, fazes-me prender na leitura!

Bendita filha da minha terra.

Bom domingo, Graça.

Beijinhos.

© Piedade Araújo Sol disse...

Achei interessante o texto e a forma de sentir a pintura.

Também concordo.


bom domingo

beij

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo Domingo Linda Graça!
Beijos da Rêloirinha****************(a ruiva assustou). Também o eu e daí? assustou, porque publiquei faz um tempoooo e não cai. Sim e daí?:)))


Deixo-lhe este poema que fiz inspirada naquele maravilhoso filme de uma maravilhosa Vida *Diário de uma Paixão*


SABIA
Poema da Renata pra querida Graça*

Do brilho dos olhos,
Da brisa calma,
Da doce alma,
Das flores da saliva.
Sabia de tudo
Da vinda
Da chegada
Quis ser
Capturada
Pelos laços,
A cativa
A implorar
A liberdade
Em teus braços
Nesta tentativa
Evitei o que de teu
Rumava ao meu eu
Mas resisti,
E tanto que,
Num encanto,
Me perdi.

AFRICA EM POESIA disse...

GRAÇA

Poucas vezes mas...Sempre
Um beijo e meia dúzia de letras



SER FELIZ



É estar em sintonia com Deus.
É saber amar...
Saber viver cada dia.

............

Por isso...
Ser feliz...
Depende de nós!!

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Amiga, o teu comentário, acredita, foi uma mais-valia e uma valiosa contribuição. És uma querida.


Bjo enorme e optima semana.

Carlos Gonçalves disse...

Querida Graça, a forma como te exprimes nas palavras, é uma tela de um génio.
Eu, como não sei pintar e somente alinhavo palavras, vou borrando a natureza, desnudando mulheres e tentando enganar a vida, com o pincel pelado da minha prosa.
Como sou um leigo em temas que tu retratas de forma tão esplendorosa, aguardo com ansiedade, para minha inspiração, uma nova obra-prima tua, na encenação de um quadro da vida.
Espero-te!

Um doce beijo em ti, na tua noite, querida.

Carlos

margusta disse...

Querida Graça,

...Gostei IMENSO da pintura por ti seleccionada da tua amiga Teresa Ribeiro. É de facto um um quadro soberbo!
Quanto ao nome do mesmo "Almas Submersas" dá pano para mangas, como se costuma dizer. Dá tanto para escrever...
Sabes eu funciono assim...não consigo escrever sem ter uma imagem presente, seja ela pintura, fotografia, ou imagem guardada de um qualquer lugar no meu subconsciente. Assim, como que para pintar, tenho de ter em mente, uma frase, um texto, um poema, ou um cena a por mim vivida no palco da vida.
Tenho a certeza, que serão maravilhosas as palavras que irás escrever!!!

Que os teus dias continuem plenos querida amiga!

Um beijinho enorme de AMIZADE,
Margusta


Voltei a ficar sem net :( só hoje voltou, daí não te ter escrito ;)
Até logo....

São disse...

Vim saber de ti .
Entretanto fico ouvindo esta voz esplendorosa.
Um abraço-

JotaSP disse...

Muito obrigado, querida Graça!

Obrigado assim ______________________________________________________________________

Um beijinho especial «««

Ianê Mello disse...

Amiga, gostaria de contar coma sua colaboração no " Diálogos Poéticos".
Dá um pulinho por lá.

Te aguardo.

Beijos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom Dia!

Para outros que não tu e eu

*Jurou-me eterno amor. A noite ia cahindo
E, entre outras phantasias,

Eu disse-lhe sorrindo:

Se Deus surgisse agora, aqui, perante nós

O que é que lhe dizias?

- Que nos deixasse sós...

AUGUSTO GIL*

Beijos, querida Graça!!!
Renata

Mudei tudo. Ressurge a loira!!!

Braulio Pereira disse...

vim dar-te o meu beijo da noite

adoro esta cançâo

beijos querida!!