Ensaio repetido [pela saudade...]

[Graça]

Lembrei-me que, um dia, gostaria de subir contigo aquela serra que reconhece, há anos, o som dos meus passos. Levar-te-ia desde a frondosidade das gigantescas árvores por caminhos secretos e íngremes... até à aridez dos penedos cinzentos, bem lá no cume.

Mostrar-te-ia, então, esse curso de água digno e majestoso, que serpenteia quase a beijar o mar... e, bem no meio, na equidistância das margens sombrias, na sua singeleza natural, verias a verdadeira Ilha dos Amores.

Porque, quando estou a um palmo do céu, o meu pensamento é veloz como um cervo... nas minhas veias corre a água desse rio... e o meu coração tem a forma simplíssima duma ilha perdida na Natureza.

Gostaria... [para amainar a saudade.]

36 comentários:

Whispers disse...

Querida Graça.
Não existe nada mais puro e belo do que a natureza, tuas palavras e a imagem transmitem um elo de uma União de paz.

Não deixes de sonhar, de subir essa montanha de respirares o ar puro e sentires sempre nas veias a corrente do rio que tanto amas.
E junto com esse alguém que faz te completar o sonho, que perto do céu alcances o momento verdadeiro da felicidade.
Querida, desejo que tenhas uma noite de paz e luz.
Mil beijos com carinho
Rachel

isabel mendes ferreira disse...

a saudade aqui esculpida pela água que lhe é ventre.



boa noite G.





(obrigada)

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Minha Linda!
Para amainar a saudade sonhas em comunhão com a natureza e escreves um belíssimo ensaio
Não desistamos jamais dos nossos sonhos, uma adorável amiga me disse, pois somos vencedoras
Beleza
Positividade
Somos felizes mesmo, Graça querida
Boa Noite
Beijos,

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Olá Graça... e benfiquista, rs (não foi mau)

Sabes... gostei do teu post, a foto é tua? É linda.

Bom Domingo tb p'ra ti, e ...

0000000__________000______000000
00000000_________000_____000__000
000___00_________000____000____000
000___00_________000____000____000
0000000__________000____000____000
0000000____000___000____000____000
000___00___000___000____000____000
000___00___000___000____000____000
00000000____0000000______000__000___000___000
0000000______00000________000000____000___000

Vivian disse...

...amore mio,
perder-se na natureza
é fundir-se no que há
de melhor.

posto que ela nos dá
respaldo para toda forma
de amor.

adoro você...

beijinhos deixo.

. intemporal . disse...

. a um palmo do céu . já tão perto de Deus . re.conheço os passos teus . porque assim me quiseste levar . a beijar o mar . a sentir o ar . a um palmo do teu . o teu . a um palmo do meu .

. [grat.íssimo] .

. o teu beijo de hoje, querida Graça .

. um bom Domingo . de quase des.novembro .




. paulo .

Brancamar disse...

E como eu gosto que tenhas repetido este ensaio na imagem de sonho que habita este norte verdejante, apesar da "aridez" no cume da serra.

É reconfortante ser essa ilha perdida na natureza, ser a própria natureza...tão perto do céu...

Beijinhos para ti Graça e um Bom Domingo, já sem saudade, amainada por este texto poético.
Branca

Silvana Nunes .'. disse...

BOM DIA, minha querida amiga.
Antes de mais nada estou aqui para agradecer a visita e seu comentário tão significativo para mim. Eu ando um pouco ausente, minha conexão anda péssima, lentíssima. Como já havia dito, eu moro dentro de um pedacinho da mata Atlãntica e o sinal aqui é muito dificultoso. Além do mais, com toda essa chuva que tem caído tenho mantido o meu computador desligado por conta dos raios, já queimei uma televisão por causa disso, aqui não tem pára-raios ( agora vê, acostumada com cidade grande, achei que no mato poderia existir um pára-raio - só eu mesma). Espero que compreenda.
A medida do possível vou colocando as histórias, com a lentidão de sempre.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... agradece mais uma vez a sua visita esperando que volte sempre.
BOM DOMINGO.
Saudações Florestais !
http://www.silnunesprof.blogspot.com

Paulo disse...

Bom domingo, querida. Um ensaio verde, natural, como o teu desejo de seres só coração. Linda.

Beijo magnífico, querida Graça.


PJB

Carlos Gonçalves disse...

Graça, belo ensaio sobre a serra e o rio, nas encostas do céu, na margem do mar...
Para tudo ser sublime, nesta simbiose perfeita, não podia faltar o 'tu' da paixão!
Também, eu,vejo neste ensaio, uma representação da minha vida: nos cenários da natureza; na imagem da serra da minha terra, em que os figurantes, são as nuvens dos sonhos, que o vento vai dispersando...

Um beijo doce, meu bem.

Carlos

sideny disse...

Lindo.

Linda foto.

Bom domingo.

Beijinhos

O Profeta disse...

Porque será que os pássaros
Cantam na partida do dia
Porque será que um amante ausente
Fica de alma apertada, vazia?

Porque será que as ondas lamentam
Em sussuros de sal no areal
Porque será que as rezas são feitas
Para correr para o longe o perverso mal?


Boa semana


Doce beijo

São disse...

Minha flor, diz-me: não tiraste a foto desde Vila Nova de Cerveira ao rio Minho? Foi, ou estou muitooo enganada?

Gostei imenso da música...e, claro, do texto.

Um beijinho amigo.

Chris disse...

A saudade que percorre a aridez dos penedos, até chegar à água translúcida onde o espelho da saudade é reencontrado...
Um beijo
Chris

Lídia Borges disse...

No rio Douro, junto da foz do seu afluente Paiva, encontra-se a Ilha dos Amores. A verdadeira Ilha dos Amores!
É bom poder localizar-te!Ilha perdida na saudade da Natureza!



És terra, água e céu!

Um beijo

Marta disse...

Essa Ilha dos Amores por entre a neblina e saudade de revivermos esses momentos felizes...
Rodeada por tudo que é belo...água, o céu....
Gostei muito do teu ensaio...
Beijos e abraços
Marta

Mar Arável disse...

Belo ensaio

para um desejo

em voz alta

Deusa Odoyá disse...

Olá minha doce amiga.
Graça que essa ilha possa sempre estar em seus sonhos.
è a perfeita natureza que Deus plantou.
Muito linda e pura essa ilha.
Adorei o poema e a imagem.
Uma semana de muitas realizações e paz.
Obrigado por sua visita ao meu cantinho.
Fique na paz.
Regina Coeli.

Amordemadrugada disse...

Que lindo, Graça!

Foi um monólogo intenso! Sentido...
Esperemos que o palco se encha de flores...brancas e os aplausos ecoem em teu lindo coração!
Beijito doce fofita

rosa-branca disse...

Olá, pois é desistir dos nossos sonhos é desistirmos de nós mesmo. bonito ensaio. Beijos

AnaMar (pseudónimo) disse...

Conheço uma Serra (conheço tantas :-)) que poderias subir sem esforço, com o teu amor aos molhos que distribuis pelos outros, quando nos deixas palavras acabadas de inventar.

Um beijo com muito carinho.

(E sim adorei este ensaio...:-)

margusta disse...

"Porque, quando estou a um palmo do céu, o meu pensamento é veloz como um cervo... nas minhas veias corre a água desse rio... e o meu coração tem a forma simplíssima duma ilha perdida na Natureza."

Querida Graça, LINDO!

LINDO como o teu coração , como o teu sentir!

Sinto saudades das serras que me viram nascer...muitas!
Linda a tua foto!

Um beijo com muito carinho e um bom resto de semana.

Margusta

Braulio Pereira disse...

subir até há cunbre..
alcansar o céu...
deixa que inunde...
monte!! ansioso teu...

beijo-te com carinho.

feliz noite sonha...

Daniel Costa disse...

Graça

Já tinha passado pelo teu interessante post. Por qualquer motivo, de que não me lembro neste momento, retrocedi, não sem admirar a bela foto com o ilustras. Pensei no Minho, sobretudo do Alto, é bela mas não consegui identificá-la.
Do que não tenho duvida é da excelência do post.
Beijos
Daniel

Sofá Amarelo disse...

Também tenho uma serra mágica, onde descubro pedacinhos de saudade e de sentidos... vou lá sempre que posso... buscar um bocado de Vida!!!

Muitos beijinhos!!!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Oi, Graça Querida!
Passando para deixar beijos
Dizer que gêmeas sim!
Gosto do seu trigueiro
E sou cor de rosa:)))
Boa Noite, amiga!
Renata

AFRICA EM POESIA disse...

Vim deixar um carinho e um beijo.
hoje foi feriado por aqui...

ap+roveitei o dia para passear com o marido e neto...

fomos até Espanha comprar chocolates...


beijos

Conde Vlad Drakuléa disse...

Adorada e querida amiga, que lindo este post, eu também estou procurando uma ilha, pode ser no meio do Pacífico ou do Atlântico, desde que seja isolada e tenha alguns recursos naturais, hoiheheuhe hoiheheueueheuh, como deve ser gostoso morar em um ilha! Que bom que estás aqui, gosto muito, muito de ti ^ ^

Beijocas novas! :*

Jorge Vieira Cardoso disse...

A um palmo do céu...

é esse o colar mágico que nos endireita a cervical e nos faz "maiores que os homens"...

apenas um palmo do céu, a um palmo do meu beijo terno...

Maria Valadas disse...

Querida Graça,
Um Grande Ensaio... representado
magnificamente!

Parabéns!

Beijinhos com amizade.

A Magia da Noite disse...

o céu sempre nos aproxima da essência do que somos feitos.

Stella Tavares disse...

Senti saudade da beleza de seus textos. Voltei para me encantar.
Bjs

Gil Moura disse...

Olá, Graça!

Obrigado, pela visita ao meu cantinho.
Também gostei muito desta tua casa, e deste belíssimo texto.

Parabéns!

Voltarei.

Beijinhos

Gil

o que me vier à real gana disse...

Graça, pá, como estás?
Agora "vêmo-nos" raro, tão raro! Assim não gosto!
Vá, se a ministra nos permitir a subida de escalão - ainda estou nos 1ºs! -, vamos ver os meandros... do rio? Ei, já sei que a razão da tua nostalgia é outra anatomia, mas olha k aqui o rapaz tb é boa companhia! LOL
PS sem ministros no conselho de...: Bela foto

Bj

APC disse...

A água como forma reflexiva. perfeito, Graça. O livro já está nas livrarias, como verás no meu blog.
Beijinhos

Brancamar disse...

Querida Graça,

Volto à tua Ilha dos Amores, porque acredito que tens o dom de unir e de nos levar às profundezas da vida, às tuas e às nossas.
Beijinhos.
Branca