Uma flor...


(foto de GMV)

Encontrei-a assim a meio da manhã... Indaguei! Não, não chovera na noite anterior... e era cedo, muito cedo ainda, para regar.
.
Seriam lágrimas caídas dos olhos de alguém? [eu não choro]... Ou meras gotas de suor no esforço da permanência?
.
A flor persistiu em espargir um silêncio alagado... no meu jardim!

19 comentários:

f@ disse...

Olá e beijinhos...
alagados e com peixes vermelhos...

em silêncio sempre te comento...
mesmo se te leio apressada...
prometo um tempo só para te ler e comentar como mereces...
linda como a flor es

...
palco e jardim

beijinho imenso

ParadoXos disse...

chorar apenas para que as flores não sequem! as nossas!
sabes estimada? gosto, aliás,adoro ao extremo estes teus poemas que de vez em quando nos ofereces! é neles que te sinto Poesia!

é neles!

entre a tua voz e o silêncio... a beleza estrófica em cada uma.

é neles!


meu beijo, que me dás!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

A flor chorava de alegria ao ver você, Graça.
Um beijo,
Renata

Paola disse...

A flor, minha amiga, dava-se na dor da espera... no "esforço da permanência"... na quietude do verde-desejo... Agora chora de alegria... lágrimas serenas...

Beijo abraçado

preto [e] branco disse...

Que belo o jardim que possuis onde as flores te dão, com as suas "lágrimas", o prazer do seu perfume, de uma foto e um pensar, sentidamente, se será choro de tristeza ou alegria, que é com certeza, pelo teu poema, colorido como ele...jardim.

bj...nho

Paulo disse...

Que lindo jardim :)! Deviam ser gotas de suor, sem dúvida, do esforço para se alindarem à tua chegada.

Bjos, querida amiga

(Perto, tão perto...)

Vieira Calado disse...

O orvalho da manhã,
como tudo o que acontece pelas noites,

trás-nos visões perturbadas
no viço das madrugadas.

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Tens um jardim muito interessante. E bonito.
A julgar pela foto e pelas palavras, feitas sem gotas de suor, pois também não suas...
Boa semana e Feliz Páscoa.
Beijo.

Sandokan disse...

Dorme uma mão sobre o fogo,
Selando os lábios que sussurram nas sendas do castelo,
Como um grito amordaçado.
Sonha com um corpo cansado
De tantas mágoas passadas
E nada tendo alcançado

Paira um sopro nas asas da tempestade,
Como um corpo crucificado no crepúsculo esmorecido
Da manhã divinizada.
E a vida chega a doer
E é o primeiro tédio, depois do medo

Espelha-se no segredo a confidência do absoluto
Cantando gritos na aurora do infinito
Onde se espraia o amplexo da gaivota mutilada
Pelo fúnebre enlace da corda que pinta os momentos
Na esmorecida miragem de um labirinto deserto.

Dorme um anjo sobre a areia…

sideny disse...

Desejo-lhe uma boa Pascoa.

Esta lindo este post, linda flor.

beij

MEU DOCE AMOR disse...

Talvez as gotas de suor...

Para permanecer há que se esforçar...

Adorei.

Beijinho doce e deixo amendoas no Sonhar

Feliz Páscoa

Paulo - Intemporal disse...

perante esta flor e tão belas palavras
______________________________ e

porque o tempo é de reflexão

____________ faço uma p.a.u.s.a.

no efémero dos dias [...]

e deposito aqui votos de uma Páscoa feliz e amplamente renovada.

____________ um íssimo beijo teu!

para TI, querida G.r.a.ç.a.

e tão breve serei outra vez presença, com amizade e devoção

[...]

______________________________ .

JotaSP disse...

Querida Graça,

________________apenas para desejar boa noite e uma Páscoa MUITO Feliz_______________ com a paz que sempre precisamos «««

Um beijinho especial__________________

Maria Emília disse...

A foto é linda. Se as gotas são lágrimas ela precisa de carinho. Eu falo muito com as minhas flores. Os meus filhos perguntam: Com quem está a falar mãe?
Se as gotas são de suor, resultaram do esforço a ajudar alguém a caminhar.
Mas espero bem que sejam de orvalho. O povo diz que o orvalho embriaga, entontece de Amor.
Gostei de estar aqui, senti-me muito bem.
Um grande beijinho,
Maria Emilia

ângela marques disse...

também ando entregue ao silêncio, apesar de não ter jardim:)


beijo

Conde Vlad Drakuléa disse...

Mas porque a flor iria chorar se ela tem uma linda outra flor a cuidar dela todos os dias? Não faz sentido! Beijocas novas do conde! ^^

ลndreia disse...

As dúvidas... permanecem sempre mesmo quando presentes das melhores certezas. *

ângela marques disse...

que inveja desse silêncio recheado do Alto Minho!

sem net, ainda melhor:)

beijos

Brancamar disse...

Já olhei para esta flôr vezes repetidas, adoro azálias nesta altura em que enchem os jardins de flôr, tenho-as de várias cores, branco, lilás, rosa, dobradas em rosa e branco, mas esta côr nunca tinha visto e não é só o tom raro, todo o conjunto, o seu orvalhado, a beleza da fotografia. É bem verdade que quando a sensibilidade é grande ela manifesta-se em todas as artes, neste caso na arte fotográfica. Quanto ao texto, não é novidade que escreves de forma única e a mensagem entra-nos na alma...
Deixo-te beijos de amizade.
Branca